segunda-feira, 19 de outubro de 2009

23 Anos Sem Samora Machel





Visitei semana passada o local onde samora Machel perdeu a vida em Mbuzine,
O local é hoje uma referência turistica para a Africa do Sul, pois, para alem de serem
visíveis os destrocos do Tupolov em que Samora morreu, também foi instalado um museu
sobre a vida e obra de Samora Machel. Estao lá algumas malas dos viajantes e algumas obras
de arte feitas dos destrocos.
Mbuzine é hoje um local onde podemos sentir o espirito de Samora Machel reclamando pela Paz
Justica Social, ingualdade social, racial e oportunidades para todos!
Brevemente postarei neste local algumas fotos que tirei no local.
23 Anos sem Samora Machel, faz me pensar no quanto tempo temos ainda que esperar
até que sejamos livres, iguais e prósperos!
Até sempre Amigo Machel!

5 comentários:

Noa Inacio disse...

Quero me associar a si, para dizer sim tambem, me curvo a obra historia e vida de Samora Machel. Abraco a ele onde quer que ele esteja.

Custódio Duma disse...

Obrigado Noa,

De uma coisa eu tenho a certeza....Samora Machel está em um lugar bem alto...de onde consegue ver tudo que está a acontecer neste país...e aos poucos...na medida do possível, vai inspirando a um e a outro, a nao se conformarem com o deixa andar, com a corrupcao, com a ambicao, com o espirito da preguica e com o enriquecimento sem causa!

Deviamos dar mais espaco a Samora Machel no nosso dialogo politico!

A Luta Continua....

CHAUQUE disse...

como dizem os brazileiros: ese é o cara,
felizmente eu vi Samora Machel no campo de Xipamanine a orientar um comicio, lembro me das ceremonias Funebres no conselho executivo da cidade de Mputo(nos tempos)longa bixa com muito choro, sim muito choro das pessoas par despidr-se do grande lider ,homem do povo

será que hoje haveria tanta moldura humana numa ceremonia igual?
a resposta é nao porque ja ha muito que não se visita o POVO, senao em 5 em 5 anos.tudo limitas a um circulo muito restrito

descanse em PAZ, até um dia

Julio Mutisse disse...

Grande homem!

Custódio Duma disse...

Chauque,

Eu considero bem aventurados todos aqules que viveram, conheceram, viram ou ouviram Samora Machel...nao posso imaginar a atmosfera e o sentimento de momento.

Se só o feelng no seu memorial em Mbuzini é muito forte, imagine um frente a frente com o Marechal.........

Muthisse, Samora foi muito mais do que grande homem. Ele ultrapassou a nossa dimensao para uma outra mais profunda. Se nao fosse do terceiro mundo teria considerado um dos homens mais influentes da humanidade em todos os tempos!

Por enquanto, cabe a nós levantar alto o braco e o dedo (como ele fazia) e imortalizarmos os seus ideais e sonhos!

A Luta Continua!!